MOSAP comemora indicação dos integrantes da CPI da Previdência

Após quatro semanas de intensa pressão das entidades civis, como o Mosap e a COBAP, das federações filiadas e das entidades parceiras, finalmente o presidente do Senado, Eunício Oliveira, anunciou os integrantes da CPI da Previdência.

Titulares serão os senadores Hélio José (PMDB-DF), Rose de Freitas (PMDB-ES), Paulo Paim (PT-RS), Ataídes Oliveira (PSDB-TO), Lasier Martins (PSD-RS) e João Capiberibe (PSB-AP). Eunício informou que ainda está aguardando a indicação do integrante do bloco Moderador. Suplentes serão José Pimentel (PT-CE), José Medeiros (PSD-MT) e Antonio Carlos Valadares (PSB-SE). As outras duas vagas de suplentes ainda precisam ser preenchidas e dentro de poucos dias será definido o presidente e o relator.

Criada a partir de requerimento de autoria do senador Paulo Paim, a CPI da Previdência atendeu ao pedido dos dirigentes do UNA-SE (Movimento Unificado dos Aposentados, Pensionistas e Idosos do Serviço Público e do INSS), integrados pelo Instituto Mosap e pela Cobap. O objetivo da CPI, segundo Paim, é mostrar que não existe o déficit da Previdência alegado pelo governo. Paim afirma que é preciso esclarecer com precisão as receitas e despesas do sistema, além de “combater a fraude, a sonegação e a corrupção”.

A comissão será composta de sete titulares e cinco suplentes e terá 120 dias para funcionar. O objetivo da comissão é investigar a contabilidade da Previdência Social, esclarecendo as receitas e as despesas do sistema, bem como os possíveis desvios de recursos.