wigs for women wigs for women wigs for women wigs for women wigs for women wigs for women wigs for women wigs for women wigs for women wigs for women wigs for women paula young wigs wigs wig shampoo short hair wigs wigs wigs
ANFIP - Entidades articulam emendas à MP 664/2014

ANFIP - Entidades articulam emendas à MP 664/2014

O deputado Manoel Junior (PMDB-PB) apresentou emenda, de iniciativa da ANFIP, do Sindifisco e do Sinait, alterando a redação da Medida Provisória 664/2014, que institui novos critérios para a concessão de vários benefícios previdenciários, como auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, auxílio-reclusão e pensão por morte, todos com restrições prejudiciais ao trabalhador ou a seus dependentes. A emenda nº 222 suprime dispositivos que tratam do Regime Próprio dos Servidores Públicos.

Outras duas emendas já haviam sido apresentadas pelo senador Paulo Paim (PT-RS), também por sugestão das entidades. São as emendas nº 318, que trata da liberação de servidor para o desempenho de mandato classista, e a334, que pede o fim do fator previdenciário e sua substituição pela chamada fórmula 85/95, que tem sido reivindicado como uma alternativa capaz de garantir a preservação dos valores de todos os benefícios previdenciários.

Até a manhã desta quarta-feira (11) foram registradas 517 emendas à MP. Confira aqui a lista completa. A ANFIP continuará trabalhando nas três esferas do Poder para impedir a efetivação das regras previstas na medida provisória. Além do trabalho parlamentar e dos contatos com o Executivo, a ANFIP prepara o ingresso de ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no Supremo Tribunal Federal a fim de suspender imediatamente os efeitos da MP 664/2014.